Archive

Archive for November, 2009

Sexto sentido “humano”

November 12, 2009 Leave a comment

Uma das inovações mais bacanas que vi há uns meses atrás foi através de uma palestra do site TED que é resultado de uma conferência anual nos EUA onde palestrantes do mundo inteiro apresentam teses, princípios e inovações de diversas áreas. Aliás, é uma boa fonte para refletir sobre aspectos de assuntos que talvez você nunca tenha prestado  atenção antes.

O aparelho, trata-se de uma extensão do princípio de realidade aumentada aplicado para obtermos mais informações sobre qualquer produto existente. Obviamente, é mostrado um protótipo, que parece funcionar de maneira simples, porém, para o aparelho funcionar no “mundo real” uma imensa rede de informação deveria estar disponível em qualquer situação, o que parece ser um pouco complicado de acontecer na prática.

Vale mais a pena assistir a palestra e ver como o aparelho pode funcionar em um futuro muito breve. É realmente impressionante.

http://www.ted.com/talks/pattie_maes_demos_the_sixth_sense.html

Categories: Uncategorized

gooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooogle.com

November 6, 2009 Leave a comment

53os

 

Gooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooogle.com ou 53o’s  é o site dos artistas Joh Michael Boling e Javier Morales, que reúne algumas das bizarrices mais originais e divertidas da Internet. São projetos de video arte que nos fazem olhar para os conteúdos banais que nos bombardeiam todos os dias de uma outra forma. Através de associações debochadas entre elementos completamente distintos, (como aberturas de programas dos anos 80, techno, spams e gifs animados) eles nos fazem rir e pensar. Infelimente alguns videos saíram do ar, mas vale a pena dar uma olhada no que restou. Um dos meus preferidos: Four weddings and a funeral.

Categories: Uncategorized Tags: , , ,

Sem Controle

November 6, 2009 Leave a comment

 

Desde o primeiro computador ou o primeiro videogame o controle sempre esteve em nossas mãos, de caixas enormes a teclados virtuais, do velho manche do Atari aos bastões do Wii, porém com o avanço estratosférico da tecnologia não há mais a nececessidade de ferramentas para interação, projetos como o NATAL da Microsoft traduzem nossos movimentos em ações, mas seria este o jogo?

 

É indiscutível que a experiência de interação é ampliada por movimentos reais mas na minha mente de gamemaníaco um chute sempre foi triângulo, pra frente e R1, um código digitado pelos dedos que se traduz em uma rotatória perfeita na tela e quanto mais rápidos forem os dedos e o entendimento de suas consequências na tela, melhor e mais devastador é o chute.

 

Dentro em breve um chute no videogame será apenas um chute, conversar e jogar se tornará exaustivo, os gordinhos branquelos com a camiseta do SpaceInvaders não serão mais os craques deste universo, ou seria esta apenas uma previsão incabida?

 

Talvez o jogo continue sendo um jogo, uma interpretação de papéis que faz com seu imaginário te coloque na ação, afinal o jogo de xadrez não é o mesmo que a prática de esgrima.

 

Abaixo um vídeo para pensar no tema:

 

 

Clube de test drive de produtos

November 5, 2009 Leave a comment

Picture2

Foi inaugurado na Espanha uma loja onde os clientes podem levar para casa os últimos lançamentos além de poderem fazer test drive em  produtos sequer lançados.

 “EsLoÚltimo”,  funciona como um clube. Após se cadastrar e pagar uma semestralidade de cinco euros a pessoa passa a ter acesso a tudo e pode levar até 5 produtos a cada duas semanas de visita.

Há produtos de todos os segmentos, de alimentos a cosméticos; e marcas importantes já aderiram à novidade, como PepsioCo, Bimbo e HP.

O empreendimento não para pela Espanha. No próximo ano a empresa já pretende abrir lojas em Paris, Londres, Berlim, Roma e Amsterda.

 No médio prazo, o plano é espalhar o projeto globalmente, incluindo Nova Iorque, Rio de Janeiro e outras cidades.

Para saber mais só acessar o site da loja: http://www.esloultimo.com

 

Categories: Uncategorized

Hu Ke

November 4, 2009 Leave a comment

Boa parte das idéias ditas criativas tem essa característica por deslocarem certos elementos de seu contexto habitual ou standard.

E esses elemtos podem ser os mais variados possíveis, como por exemplo as emoções expressas nas esculturas do artista chinês Hu Ke.

Ele nasceu em 1978 em Hunan e se graduou na Academia de artes de Sichuan, e já expôs diversas vezes na China e na Alemanha.

Seu trabalho mostra sempre a mesma mulher num contraste absurdo entre a situação em que se encontra (quase sempre em posições desconfortáveis ou humilhantes) e um semblante de absoluta paz e serenidade. Um leve deslocamento de contexto que tem um efeito bem impactante.

 

 

3

5

6

7

ATTENTION: DO NOT TOUCH

November 4, 2009 Leave a comment

E você achando que arrasava com o seu Iphone 3G touchscreen. Agora, clicar é totalmente anos 90. Pelo menos é o que diz o site do Andréas Lutz, que apresenta formas de navegação sem mouse, touchscreen, ou qualquer coisa para você por o dedo em cima. Você liga a webcam e controla o site de dois jeitos: pela voz e pelos gestos.
Você pode testar o site clicando aqui ou assistir ao vídeo abaixo para conferir.

Clique aqui também para assistir a um vídeo do Oyster (cartão usado no transporte londrino), que é uma versão do filme de Honda adaptado aos novos tempos: “without touching”.

Categories: Uncategorized